Imprensa revela que FC Porto paga a comentadores cartilheiros

Advertisement

O FC Porto terá pagado viagens aos comentadores televisivos afetos ao clube Paulo Baldaia e Pedro Marques Lopes, pelo menos no decorrer do último ano, diz a imprensa de hoje. Os referidos comentadores defendiam as cores do atual campeão nacional na SIC Notícias. Segundo a imprensa, o clube azul e branco que sempre liderou a conversa dos cartilheiros do Benfica, suportou deslocações, alojamento e alimentação dos comentadores em viagens ao estrangeiro sempre que estes acompanhavam a equipa nos jogos internacionais. Não admira que tenham ficado indignados com o termino dos programas.

Paulo Baldaia e Pedro Marques Lopes recusaram-se a comentar o assunto e porquê? Porque não o podem negar e que o fariam novamente. Já Francisco J. Marques, diretor de comunicação do FC Porto, considera a situação “uma idiotice” e garante que “o FC do Porto não paga viagens a comentadores afetos”. Certamente que as provas vão aparecer.

Recorde-se que Paulo Baldaia fazia comentário desportivo no programa ‘Dia Seguinte’, na SIC Notícias, desde julho de 2019 altura em substituiu precisamente Pedro Marques Lopes que abandonou o programa porque Sérgio Conceição não gostava do seu comentário. Oficialmente o comentador de golfe como treinador do FC Porto lhe chamava, disse ser uma “decisão estritamente pessoal”. “Serei substituído pelo meu irmão de brasão abençoado e amigo Paulo Baldaia”, escreveu nas redes sociais. No final de julho deste ano a SIC Notícias anunciou o fim dos programas de desporto (‘Play-Off’ e ‘Dia Seguinte’) que assentavam em comentadores que representam clubes para terminar com o “ambiente de toxicidade que se foi criando à volta deste tipo de programas”. Estes programas tinham audiência inferior à registada por formatos de comentário desportivo da CMTV.

Quanto receberá o Jorge Amaral para seguir a cartilha? E o Anibal Pinto, tipo que vai ser julgado por tentativa de extorsão?