INEM diz que os elementos expulsos no dragão não pertencem aos quadros. Então quem eram?

O Instituto Nacional de Emergência Médica (INEM) garantido, através de um comunicado, que os dois elementos de apoio médico presentes no Estádio do Dragão no ‘clássico’ de sexta-feira envolvidos numa breve polémica com Fábio Coentrão não pertencem aos seus quadros, uma vez que o INEM não integrou o dispositivo de socorristas no encontro da 25ª jornada.

“O Instituto Nacional de Emergência Médica (INEM) não integrou o dispositivo de apoio médico ao jogo entre o Futebol Clube do Porto e o Sporting Clube de Portugal. Algumas notícias que têm vindo a ser veiculadas pela comunicação social, e que dão conta que dois elementos do INEM foram expulsos no decorrer do derby, são incorretas e carecem de retificação”, pode ler-se no comunicado do INEM.

Então se não pertencem aos quadros, quem são é o que ali estavam a fazer? Lembram se do adepto que agrediu Pizzi e que o clube conseguiu levar apenas uma multa, ainda mais baixa que a multa de um tweet do Benfica.

Depois do jogo do Estoril, deveriam investigar quem são estas pessoas.

Subscrever Blog via email

Indique o seu endereço de email para subscrever este site e receber notificações de novos artigos por email.

Junte-se a 1.255 outros subscritores

Siga-me no Twitter