Iniciei-me nas apostas desportivas. E agora?

Advertisement

Iniciei-me nas apostas desportivas. E agora?

A pandemia teima em confinar-nos e, preencher os “tempos mortos”, continua a ser um desafio diário. A sua disponibilidade aumentou e certamente já dedicou algum tempo a atividades ou questões que, de outra forma, não fariam parte do seu plano diário. A COVID-19 assolou (e continua a assolar) diversos setores, mas no mundo das apostas online, aconteceu precisamente o inverso. A título de exemplo, no terceiro trimestre de 2020, registou-se um aumento de 55,7 por cento no volume de apostas em relação ao mesmo período do ano anterior em Portugal. Estes números contemplam, por certo, a entrada de novos jogadores no mercado. Se foi um deles, estamos em crer que poderá encontrar algumas dicas valiosas nas próximas linhas. 

Diversão ou lucro?

Esta é a primeira questão que precisa de colocar a si mesmo, dado que permitirá aferir qual é a sua expectativa na hora de se iniciar no mundo das apostas desportivas. Porquê? É que isso fará toda a diferença na hora de abordar o mercado. Se o seu intuito é apostar pura e simplesmente para colocar alguma emoção nos encontros aos quais assiste ou aferir o quão assertivos são os seus palpites, provavelmente jogará com montantes baixos e nem sequer dedicará muito tempo a estudar os eventos nos quais apostará. Já no caso de abordar as apostas com uma perspetiva distinta, mais séria, profissional e de olhos postos em obter lucro, a abordagem terá que ser naturalmente diferente e terá exigências totalmente distintas. Não queremos com isto dizer que não poderá obter prémios interessantes enquanto se diverte, mas apostar “a sério” é sobre consistência, regularidade e foco no longo prazo. Se optar por esta segunda abordagem, saiba que estará a investir dois importantes bens: tempo e dinheiro. Esta introdução fê-lo repensar a sua abordagem e refletir sobre a diferença entre apostar por diversão ou em busca do lucro? A informação constante nas próximas linhas poderá ser-lhe útil. 

É uma maratona, não um sprint

“A pressa é inimiga da perfeição”. Esta máxima aplica-se e bem ao mundo das apostas desportivas. O imediatismo é, não raras vezes, o maior obstáculo de quem se inicia nesta indústria. Assim que abre a página principal de uma Casa de Apostas pela primeira vez, a quantidade de eventos disponíveis é impressionante, tanto para apostar ao vivo quanto em pré-live, mas não se deixe levar pelo ímpeto inicial. A tendência é para apontar a grandes lucros no imediato, mas a realidade é que esse é um dos erros mais comuns dos apostadores: abordar o mercado de forma desenfreada, por vezes desperdiçando até o bónus de boas-vindas que poderia muito bem ser uma útil ferramenta para começar com uma banca simpática sem precisar de colocar tanto dinheiro do seu próprio bolso. A ponderação é boa conselheira e não é por conhecer determinada equipa ou jogador – no caso do ténis, por exemplo – que deve investir em determinado evento. Na sua vida pessoal e profissional, certamente planeia e delibera antes de tomar decisões. No mundo das apostas desportivas, fazer o mesmo é determinante. 

Conhecer-se a si mesmo

Conhecer-se a si mesmo é condição “sine qua non” para ter sucesso em apostas desportivas. Ter noção do seu nível de conhecimento sobre desporto é importante, assim como perceber com que conceitos e mercados já está familiarizado. O seu conhecimento sobre basquetebol roça o rudimentar? Não sabe o que é um handicap asiático? Então por que é que haveria de apostar num jogo de basquetebol ou optar por um mercado de handicap asiático num jogo de futebol? Os lucros potenciais não justificam o investimento quando não se sente conhecedor, identificado ou confortável com os cenários em que coloca o seu dinheiro. Faça valer os seus conhecimentos, debruce-se sobre modalidades, eventos e mercados que já domine (mesmo que mais básicos) e continue a estudar por forma a crescer enquanto apostador. 

Para além do eixo do conhecimento, há um outro aspeto em que é essencial conhecer-se: o das emoções. Como reage às vitórias? E como lida com as perdas? As emoções são indissociáveis do ser humano e, por consequência, do apostador, mas saber controlá-las é “meio caminho andado” para o sucesso. Passará por períodos de grandes vitórias, nos quais parece que tudo corre às “mil maravilhas”, mas também viverá momentos marcados por perdas sucessivas. Controlar a forma como reage em ambas as circunstâncias é essencial. Definir uma estratégia (veremos a seguir) é essencial e ser fiel á mesma ainda mais. Períodos marcados por “Greens” (ganhos) sucessivos não deverão levá-lo a incursões por eventos e mercados que desconhece à boleia da falsa sensação de que vai dar tudo certo por estar a atravessar uma boa maré, ao passo que, quando atravessa uma “bad run” (conceito associado a um período de perdas sucessivas), a melhor opção passará por fazer uma pausa por forma a não comprometer a gestão da sua banca. 

 

Definir uma estratégia 

Ponto de partida: saber onde está. Questão: onde quero chegar e como fazê-lo? Definir metas e objetivos é fulcral para ter sucesso em apostas desportivas a médio/longo prazo. O planeamento deve obedecer e responder a várias questões e definir a sua atuação na hora de “atacar” o mercado. Primeiro que tudo, deve definir de que forma vai gerir a sua banca, ou seja, o dinheiro que guarda para apostar. A gestão a banca é essencial para evitar grandes perdas e fazê-lo da melhor forma é determinante para obter ganhos a longo prazo. O modo como procederá à gestão da sua banca influenciará a “stake” (valor) que coloca em cada uma das suas apostas e fará com que cumpra com aquilo a que se propôs, evitando perdas avultadas. Para além de definir isso, deve também perceber com que modalidades e mercados se sente mais confortável e orientar o seu investimento para os mesmos, dado que a probabilidade de maximizar os seus ganhos será mais elevada. 

 

Estudo  

Já falámos na necessidade de dedicar tempo às apostas desportivas por forma a ter sucesso. Para além da estratégia que também integra o momento de preparação, apostar é sobre estudar, analisar probabilidades e tomar decisões. Lembre-se: quanto maior a quantidade de informação recolhida e processada, mais preparado estará para tomar sua decisão e investir o seu dinheiro. Está a iniciar-se e tem ganho sem qualquer tipo de análise e estudo? Certamente já se lembrou da famosa expressão “sorte de principiante”. Posicione o seu pensamento para lá do curto prazo e perceba que, a médio/longo prazo, o estudo é determinante para continuar a vencer de forma consistente.  

Seja um apostador consciente, estude vários cenários, considere as probabilidades do mercado, desenvolva a capacidade de perceber o que é que tem valor ou não e vingue no mundo das apostas desportivas. Diz-se que “o saber não ocupa lugar”, portanto, informe-se, cresça enquanto apostador e perceba que também há ilações que produzem conhecimento nos momentos de perda.