A pandemia de covid-19 ameaça provocar alterações à dinâmica dos campeonatos europeus. Com a grande maioria das provas suspensas até abril, a UEFA abre a possibilidade das provas se desenrolarem dentro da normalidade até ao final de junho.

Uma situação que iria mexer com o mercado de transferências. De forma a dar mais tempo aos clubes para preparar a próxima temporada, a UEFA quer prolongar a janela de transferências até meio de setembro (encerra a 31 de agosto na maioria dos países), de acordo com o La Nazione.

Esta deverá ser uma das medidas colocadas à discussão na reunião desta terça-feira, entre UEFA e as 55 federações que compõem o futebol europeu.