JN faz notícia de incentivo à publicação de mais e-mails quando o Benfica chegou a acordo com a Google

Devo confessar que cheguei a achar muito estanho esta notícia do JN. Ou ainda estava meio a dormir ou então conseguiram enganar-me bem. Hoje parece que os blogs, que promovem o crime, estão a festejar uma alegada derrota na justiça americana. Passaram da choradeira envolvendo os filhos e afins, para o delírio do que é noticiado no JN. Mas vamos a factos.

O JN, através de Ivo Neto, faz uma pequena história de incentivo à divulgação de mais e-mails, mostrando que não vai acontecer nada a ninguém. Falam de documentos relativos a 24 de setembro, que dão como arquivada a queixa do Benfica. Mas a 11 de outubro escreviam isto.

Este é o primeiro ponto da escrita criativa de Ivo Neto. Se tiveram acesso a um documento de 24 de setembro a falar de um arquivamento, como é que a dia 11 de outubro andavam a falar que os bloggers tinham a sua entidade em risco? Eu respondo com esta.

Fazem um alarido em salvação dos bloggers, passando a mensagem que está tudo bem e que o Benfica perdeu e bla bla bla… Depois, nas letras pequenas e no meio de tanto “entulho”, aparece aquela parte em que o Ivo Neto é obrigado a colocar. “Acresce que, no caso da queixa contra a Google houve um acordo com o Benfica, cujos termos não são conhecidos”.

O dever de um jornalista é tentar saber que tipo de acordo foi feito. Mas acha que Ivo Neto estaria interessado em colocar o acordo que o Benfica conseguiu? Claro que não. Então se tivessem interessados, as gordas não faziam sentido assim como parte da “notícia”.