“Depois de a equipa ter saído de campo sem agradecer aos Super Dragões, o que valeu assobios da claque, Sérgio Conceição promoveu o regresso dos jogadores ao relvado com bancadas vazias e onde já só estava aquela claque portista e o Colectivo 95. Desta feita, já houve aplausos e Héctor Herrera falou mesmo de megafone na mão, acabando por ser aplaudido após discursar, escreveu o Record.

Isto a ultima versão porque na primeira diziam que tinha sido um momento de grande comunhão. Mas depois os vídeos demonstram tudo menos isso. Lembra-se das notícias que fizeram sobre os adeptos do Benfica e os seus jogadores? Agora é só comparar o tratamento.