Maurício esteve época e meia em Portugal ao serviço do Sporting: chegou no verão de 2013 e saiu em janeiro de 2015, para representar a Lazio. Em conversa, este domingo, com os seguidores no Instagram, o central brasileiro recordou os tempos em que jogou de leão ao peito. E falou também sobre o atual momento da equipa verde branca.

 

«Em relação à equipa atual, não acompanho muito, mas vou vendo. Infelizmente acho que esta equipa não chega perto das equipas que o Sporting tinha em anos anteriores, incluindo no meu tempo. Tenho de ser honesto: o Sporting hoje não é mais o mesmo», lamentou o jogador, 31 anos, atualmente no Johor, da Malásia.

 

Questionado se preferia jogar no Benfica ou ter Bruno de Carvalho, à data ao leme do destinos do Sporting, como presidente para sempre, respondeu: «Nenhum!»

 

E acrescentou: «Jogar no Benfica, nunca! E também não quero falar desse antigo presidente aí.»

 

Maurício abordou, ainda, as diferenças salariais entre os dois rivais de Lisboa: «O teto salarial do Sporting era muito mais baixo do que o do Benfica. As condições que o Benfica dava eram muito superiores, ainda que não interferisse. O Sporting não investiu muito quando eu estava lá, se tivessem mantido a equipa por dois ou três anos, como fez o Benfica e o FC Porto, teríamos vencido mais coisas.»