Jorge Jesus exigiu mais rapidez no jogo da equipa

Advertisement

Jorge Jesus não se cansou de dar instruções aos jogadores. Na primeira parte, já com o Rangers em vantagem, o treinador do Benfica pediu que imprimissem velocidade nas variações de flanco e nas trocas de bola. “Estão com medo de jogar à bola ou quê? Vamos!”, disparou o amadorense, alto e bom som.

As instruções continuaram até final do encontro e Jesus não descansou com o golo de Pizzi, garantindo a conquista de um ponto quando a derrota parecia cenário provável. Nessa altura, o treinador mudou o discurso, pedindo cabeça e calma nas saídas para o ataque.