Sim, o título é para rir e quem quiser saber mais detalhes terá de pagar porque o artigo é pago. Eu não o vou pagar mas vou comentar como é obvio.

Quem escreveu diz que “a imprensa desportiva é a maior vítima da pandemia de covid-19 dentro do sector dos media, resultado do cancelamento generalizado de eventos desportivos um pouco por todo o mundo. Sem perspectivas realistas de normalização no próximo mês, os cenários que se colocam aos três jornais desportivos portugueses”.

Antes do vírus os jornais registavam mínimos históricos de 70%. Nem o digital os ajuda. Recentemente a Global Media Group, detentora de ojogo, registou 9 milhões de euros de prejuízo.

O Record mede pilinhas de ajuda entre clubes e sobrevive a falar mal do Benfica e endeusar o clube do seu director, o Sporting. Aliás, quem o diz é o seu ex-amigo e ex-presidente do Sporting.

F* Bernardo… andamos a medir pilinhas nas ajudas dos clubes?

Mas posso dizer uma coisa que ouvi há bem pouco tempo. O jornal O Benfica é o único desportivo que mantém a curva ascendente. Está bem que é semanário, mas demonstra que não é por culpa do digital e sim pelos pelos directores de cada jornal. É uma pena porque noutros tempos eram grandes. Mesmo no tempo em que o Benfica não ganhava.

Global Media Group com prejuízos de mais de 9 milhões euros