Lances idênticos critérios editoriais do Record diferentes

A capa do Jornal record desta quarta-feira mostra de que lado tem estado nos últimos meses. A foto de manchete, é, sem dúvida, para eludir os mais distraídos. Apesar de, na opinião do hugogil.pt, o lance não ser motivo para grande penalidade, o jornal do grupo cofina faz questão de continuar alimentar a polémica dizendo que o observador considerou o lance de grande penalidade, sobre Jonas mas que o lance que envolve Samaris na área do Benfica também seria.

No jogo entre o Sporting e o Nacional, a contar para a liga NOS, o jornal não usou o mesmo critério editorial que está agora a fazer no Paços Ferreira – SL Benfica. Os lances são idênticos e ambos não motivam o castigo máximo, mas no entanto o record prefere alimentar o clima de crispação.

Subscrever Blog via email

Indique o seu endereço de email para subscrever este site e receber notificações de novos artigos por email.

Junte-se a 1.255 outros subscritores

Siga-me no Twitter