Liga toma posição quanto a rescisões

Advertisement

Os clubes portugueses chegaram a acordo e não vão contratar jogadores que rescindam unilateralmente com outro emblema da liga portuguesa.

Os presidentes falaram nesta terça-feira com o presidente da Liga, Pedro Proença, e entenderam «que nenhum clube irá contratar um jogador que rescinda unilateralmente o seu contrato de trabalho, evocando questões provocadas em consequência da pandemia do Covid-19 ou de quaisquer decisões excecionais decorrentes da mesma, nomeadamente da extensão da época desportiva».

Eis o comunicado da Liga

«Os Presidentes dos clubes da Liga NOS, reunidos hoje em videoconferência, com o Presidente da Liga Portugal, Pedro Proença, além de uma análise à situação atual, deliberaram, e decidiram anunciar publicamente a decisão, que nenhum clube irá contratar um jogador que rescinda unilateralmente o seu contrato de trabalho, evocando questões provocadas em consequência da pandemia do Covid-19 ou de quaisquer decisões excecionais decorrentes da mesma, nomeadamente da extensão da época desportiva.»