Lito Vidigal, treinador do Boavista, falou depois da derrota (2-1) frente ao Sporting.

Lance do penálti: “Tenho de mentir, tenho de dizer que foi um bom jogo, bem disputado e que a minha equipa trabalhou muito para vencer. Teve oportunidades para concretizar, mas nem sempre conseguiu. Tenho jogadores tristíssimos no balneário. Tenho de mentir porque não posso dizer tudo aquilo que penso e sinto. Aquilo que todos aqui viram”.

Ânimos: “Não pude deixar que os jogadores extravasassem tudo o que sentiam porque não quero ter jogadores indisponíveis por cartões. Temos é de agradecer aos adeptos que foram fantásticos no apoio”.

Justiça: “Temos de continuar a trabalhar, acreditando que todos aqui trabalharam com justiça. A minha equipa quis vencer, contra um adversário fortíssimo, com grandes jogadores. Ainda assim, a nossa atitude e humildade conseguiu equilibrar o jogo”.

Seguir em frente: “Temos de nos agarrar a nós próprios, à qualidade, à fé e à atitude que temos para desenvolver o nosso trabalho. Isto tem de nos dar mais força para continuar. Transformar as dificuldades em energia positiva”.