Advertisement

Lucas Veríssimo pode sair de borla em janeiro

Advertisement

As negociações com vista à transferências de Lucas Veríssimo, jogador disputado pelo Benfica, conheceram ontem, quinta-feira, de madrugada, novo revés.

O Conselho Deliberativo do Santos voltou a vetar a venda do atleta, situação que deixou Orlando Rollo, presidente do clube, em maus lençóis.

Advertisement

É que o clube canarinho atravessa dificuldades financeiras e, caso não tenha uma injeção de capital, Veríssimo pode abandonar o emblema canarinho

“Em janeiro, o atleta (Lucas Veríssimo) poderá sair de graça em função do acúmulo de recebíveis atrasados. Respeito o Conselho Fiscal, mas era uma negociação viável. O Santos correrá vários riscos e eu ficarei de chapéu na mão pedindo outra vez ao [Andrés] Rueda [n.d.r.: candidato à presidência]”, começou por referir Rollo.

Advertisement

“Sem esses recebíveis, não há previsão de pagamento de salário aos atletas em dezembro. Os atletas provavelmente sairão em janeiro de graça. A proposta não é a melhor, mas trouxemos uma opção de salvação do clube para o Conselho. Ou seja, o CG está isento de responsabilidade”, sentenciou sobre o tema.

DEIXE A SUA RESPOSTA

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.

Botão Voltar ao Topo