Mais de 48 horas e continua o silêncio sobre a capa do Expresso

Advertisement
Imagine que o próximo adversário do Benfica tinha 4 jogadores impedidos de treinar devido a uns testes que afinal era falsos positivos.
Era o tal Benfiquistão, um tentáculo do polvo presente na saúde e que quer ganhar a todo o custo porque está em 2º lugar. Era o que se ouviria em todas as tv´s.
Está tão baixo o nível do futebol em Portugal, que parece que não há problema em se fazer uma capa no Expresso com testes que ninguém questiona. Tem lá partes que não são verdadeiras mas o assunto principal ninguém questiona.
A FPF não reage e nem pede responsabilidades. A imprensa protege o colega de profissão e ninguém tem coragem de puxar o tema. A Liga demarca-se porque tem o seu querido a sair pela porta pequena. O Clube lesado nega outros testes e não diz mais nada. A ERC? E os polígrafos que passam dias a analisar memes nas redes sociais? Por fim o tema é ignorado. Falou-se mais num grupo de criminosos, que foi apanhado no México com droga, só porque os inteligentes se lembraram de colocar o símbolo do Benfica tal como já fizeram com Messi e Ronaldo, que sobre a notícia do Expresso.
O futebol está de regresso e na Alemanha já se jogou 2 jornadas sem problemas. Vai uma aposta que por cá, quando um clube estiver a perder, vão aparecer casos do nada como noutros anos apareciam gastroenterites?