Augusto Inácio parece que deve ter “baixado as calças” a Jorge Jesus. Como o treinador quando quer falar com o presidente manda um pombo correio, para falar com Inácio o método é o mesmo.

Para além de mentir em relação o filho do presidente da arbitragem que joga no Sporting, Inácio trouxe o recadinho enviado por um “pombo” dizendo que o treinador/comentador, João Alves, no programa “Play-off” da Sic Notícias, não dava o treino às segundas-feiras mandando o adjunto no seu lugar. O comentador afecto ao SL Benfica não só repôs a verdade como chamou Inácio de Mentiroso.

“As declarações públicas de Augusto Inácio foram uma surpresa para mim. Com todo o respeito pelo futebol português e as pessoas que trabalham na área, as suas opiniões são uma má publicidade para todos os treinadores, não apenas na Roménia, mas em toda a Europa. Devo mencionar que em cinco meses em que trabalhou no Vaslui, ganhou muito mais do que Vítor Pereira numa temporada inteira no FC Porto, apesar de não ter o mesmo sucesso, nem ter conquistado qualquer troféu, embora estivesse ao comando de uma forte equipa e com forte apoio financeiro”, aponta aquele responsável do Vaslui, especificando:

“Augusto Inácio desviou-se da atividade de treinador, mas revelou-se um agente de jogadores excecional. Ficou aborrecido por nos termos oposto à transferência de alguns jogadores da 2.ª Liga de Portugal, que custariam ao clube centenas de milhar de euros, ou de atletas livres, dos quais os seus agentes pediam comissões exorbitantes. Transferimos jogadores que ele pediu, mas não pelo valor proposto, dos quais os emails de negociação servem de prova. Daquilo que tomamos conhecimento pelas pessoas envolvidas, ele definia os preços e, também, estabeleceu os cortes nos ganhos.” O diretor-geral do Vaslui, Daniel Stanciu em 2012