“Não é tempo de estarmos divididos”

Varandas Fernandes, vice-presidente do Sport Lisboa e Benfica, analisou o momento do Clube e fez uma leitura dos resultados da votação do orçamento para o exercício de 2020/21 na recente Assembleia Geral, em entrevista ao jornal “A Bola”.

“Em primeiro lugar tenho de enaltecer a forma como foi organizada a Assembleia Geral, de uma forma competente e muito responsável. Foi uma AG que decorreu com correção e respeitabilidade à elevação do Benfica. O orçamento foi chumbado e agora vamos analisar e ponderar devidamente em reunião de Direção. Estatutariamente há vários caminhos possíveis com três opções em cima da mesa, desde a correção do orçamento até à não apresentação de outro documento. Mas naturalmente que antes de qualquer decisão a Direção vai analisar e ponderar, porque é isso que se exige”, comentou Varandas Fernandes.

“Temos estado a viver, nestes últimos tempos, uma complicada ausência de bons resultados ao nível do futebol. Mas falar de crise grave como algumas pessoas andam a falar… Quem ganhou cinco dos seis últimos campeonatos; na última década tivemos resultados desportivos no futebol em que conquistámos 18 títulos contra 12 do FC Porto e cinco do Sporting. Nas modalidades de pavilhão conquistámos 73 títulos, o FC Porto 40 e o Sporting 28. Ou seja, sozinhos no futebol e nas modalidades ganhámos mais do que os nossos rivais juntos e partindo de uma situação caótica, como todos se lembram, e que se arrastava há grande número de anos”, recordou o vice-presidente.

“Nós fomos campeões há um ano e, que eu saiba, a realidade é esta, ainda estamos na luta na Liga e na Taça de Portugal. Há que ter bom senso e a noção da realidade. Nos últimos 17 anos recuperámos o Clube a nível de infraestruturas físicas, na credibilidade, na inovação e competitividade. Obviamente que não estamos hoje onde gostaríamos de estar, mas isso não nos pode levar a comprometer tudo o que foi conseguido até aqui”, avisou Varandas Fernandes na leitura do momento atual do Clube e dos resultados no futebol.

“Para mim, uma coisa é a conjuntura, outra é a dimensão estrutural que o Benfica, com este Presidente, consolidou ao longo dos últimos anos. E não podemos comprometer a solidez estrutural por uma conjuntura de resultados que são menos felizes e passageiros. Todos nós sabemos que os próximos tempos vão ser difíceis do ponto de vista financeiro, mas se há coisa que este Presidente e esta Direção provaram é que sabem enfrentar situações muito difíceis, e esta é mais uma delas. Estamos preparados”, assegurou o vice-presidente, alargando a amplitude da avaliação.

“A demagogia alimenta-se de picos estruturais. Há alguns benfiquistas (temos de ser verdadeiros) a semear a divisão e o populismo. E não podemos esquecer que essa demagogia foi a manipulação que destruiu o Benfica em tempos passados. Não é tempo de estarmos divididos, de populismo estéril e promessas fáceis. E digo mais: quem só critica não sabe governar, ou quem só sabe criticar não está preparado para governar, e há uma coisa que para mim é segura: temos de ser resilientes e estar gratos a quem nos trouxe até aqui, que foi o Presidente Luís Filipe Vieira. É a realidade e a vida é assente em realidades. E por muito que queiram pintar um quadro negro, apesar de já não ser original esse tipo de ataques ao Presidente e à Direção, por todo o percurso feito, o Benfica é o clube que está melhor preparado para a próxima década, que esperamos que seja uma década cada vez mais vitoriosa e mais ambiciosa. E creio que temos todas as condições para isso”, vincou.

“A Direção e o seu Presidente são gente responsável e respeitadora e que não brinca com coisas que são muito sérias. Temos uma conduta própria e o nosso interesse é colocar e defender o Benfica acima de tudo, de todo e qualquer interesse. Este é um momento de acompanhar, de estar atento, de refletir, de analisar e de ponderação e não de ataques, de precipitações nem de críticas fáceis”, enfatizou Varandas Fernandes.

Notícias

Vídeo: É mentira que os jogador do Benfica tenham pedido Jorge Jesus

A CMTV e outros grupos de comunicação social avançaram no decorrer do dia de hoje sob forma de mais um capitulo da novela Jorge...
- Advertisement -

Record do lado de quem lança suspeitas

O jornal Record tenta sempre a pacificar o futebol português, dando voz a estas personagens, que lançam suspeitas e acusam os jogadores.Não sei se...

Bonita capa do Record. Contribui e muito para a pacificação do futebol português

O Benfica neste momento está à procura de treinador e não de jogadores. Desde o verão passado que falam na possibilidade de Helton Leite...

ABola começa com Renato Paiva e termina com “Veríssimo não encontrou qualquer resistência”

As notícias da Abola têm sido algo caricatas quando se trata do Benfica. Ontem tivemos um post do Renato Paiva em que se referia...

OUTROS POSTS

Vídeo: É mentira que os jogador do Benfica tenham pedido Jorge Jesus

A CMTV e outros grupos de comunicação social avançaram no decorrer do dia de hoje sob forma de mais um capitulo da novela Jorge...

Benfica emite nota contra a Liga Portugal

Perante as circunstâncias excecionais que se vivem e face à decisão anunciada pela Liga Portuguesa de Futebol Profissional (LPFP) da manutenção de todas as...

Convocados para o jogo com o Famalicão

Nélson Veríssimo, treinador do SL Benfica, convocou 22 jogadores para o jogo da 31.ª jornada da Liga NOS. O Famalicão-Benfica tem o pontapé de saída marcado para as 21h30...

Benfica aumenta o valor do Empréstimo Obrigacionista

Revelação conhecida esta quarta-feiraO Benfica anunciou o aumento valor do empréstimo obrigacionista para 50 milhões de euros.LINK: https://web3.cmvm.pt/sdi/emitentes/docs/fsd910134.pdfO aumento é para um máximo de...