O Benfica venceu este domingo o FC Porto, por 84-61, no segundo jogo das meias-finais do play-off da Liga Portuguesa.

Como já tinha vencido o primeiro encontro (89-82), os encarnados passaram a ter uma vantagem de 2-0 na eliminatória, colocando-se a uma vitória de regressar à final do play-off.

Ao contrário do primeiro jogo, marcado por grande equilíbrio, o Benfica dominou desde cedo, empurrado por Micah Downs, que marcou logo 15 pontos nos primeiros 10 minutos, no fim dos quais os encarnados já venciam por 28-11.

No segundo parcial e também no terceiro, o FC Porto deu sinais de querer recuperar, mas as baixas percentagens de eficácia foram sempre um problema para os dragões, que ainda perderam o técnico Moncho López, expulso por palavras.

Daí para a frente, a intranquilidade continuou nos azuis e brancos, enquanto as águias aproveitaram para alargar a vantagem. Downs voltou a brilhar, ao terminar com 31 pontos e quatro ressaltos. Juan Pablo Cantero assinou duplo-duplo (10 pontos e 11 assistências) e Tomás Barroso ajudou com 11 pontos.

Nos portistas, ainda sem Will Sheehey e num dia em que alguns jogadores não “apareceram”, os melhores marcadores foram Sasa Borovnjak (14 pontos) e Will Graves (13).