No fundo o que este individuo está a dizer, é que para que o FC Porto seja campeão, desvirtua-se as regras e invoca-se a salvação de vidas humanas. Vale tudo para os fingidos e avençados do dragão.

“Se… salvar vidas atribua-se o título ao FC Porto”

E não, o Rui Santos não é avençado do dragão. É só mais uma vida humana que tenta salvar-se da banca rota que nem os jornais desportivos. É mais um que tenta agradar aqueles que o atacaram antes da pandemia.

Rui Santos, tal como o FC Porto, aproveitam-se do silêncio do Benfica neste tema para tentar ganhar o título na secretaria. Começou no jornal do costume, passou pelos cartilheiros e até usaram a imprensa do Casillas para tentar passar a sua mensagem já desmentida pela UEFA.

Numa altura em que para todos nós o mais importante é estarmos focados em salvar vidas, os mesmos do costume vão olhando para o seu umbigo.

Se a atribuição do título ao FC Porto travasse esta pandemia, até eu estaria na linha da frente para que isso fosse possivel. Infelizmente não é e neste momento pouco importa.