O tribunal ojogo nem analisa falta de Sérgio Oliveira no golo

Advertisement

Começou a Liga NOS e com ela regressaram os ex-árbitros de caneleiras, os ex-árbitros que precisam de escrever no jornal para sobreviver e aqueles que escrevem consoante a cartilha.

Fosse o jogo do Braga frente ao Benfica e tínhamos um escândalo nacional, assim, como foi contra o FC Porto, continuam a bater comissão de honra do presidente do Benfica. Dois penaltis estúpidos, onde um deles é muito duvidoso, embora se aceite. O que não se aceita é a falta de Sérgio Oliveira, no primeiro golo do FC Porto. E o que é que o Tribunal ojogo faz? Nem analisa.

Num ano em que o presidente do Conselho de Arbitragem disse que ia haver menos penaltis, o FC Porto inaugura a jornada logo com 2 e um golo anulado ao SC Braga por 8 cm. Ninguém fica escandalizado porque o adversário do SC Braga não era o Benfica.

Ver esta publicação no Instagram

🤣🤫 Não se diz nada.

Uma publicação partilhada por Hugo Gil e Benfica (@hugogil07) a