Opinião de um adepto: Que comece então a época!

PUB

Estive calado desde o fatídico dia 15 de Maio de 2014, quando escrevi ainda em Turim o ultimo post, esperando pacientemente por este ultimo dia do mercado.

Falou-se, escreveu-se, opinou-se, mentiu-se e finalmente a verdade é que o Benfica agora tem a calma e a tranquilidade para poder iniciar a época.

Saíram para sempre Oblak (16M pelos 80% que o Benfica detinha), Siqueira, Garay (2,4M pelos 40% que o Benfica detinha), André Gomes (10,5M pelos 70% que o Benfica detinha) Markovic (12,5M pelos 50% que o Benfica detinha), Rodrigo (22,8M dos 76% que o Benfica detinha) e Cardozo (4M pelos 80% que o Benfica detinha)

A fazer eco nas más línguas saíram para sempre mas a fingir que é provisoriamente Ivan Cavaleiro, Bernardo Silva e João Cancelo.

A fazer fé em Luís Filipe Vieira foram emprestados.

Eu sinceramente acho que não voltarão, mas posso ser contrariado e seria até bom sinal.

Foram vendidos Kardec (2,250M pelos 50% que o Benfica detinha), Mitrovic (1,8M pelos 100% que o Benfica detinha, Derlis Gonzales (3M pelos 100% que o Benfica detinha) e Djavan por 1M (ficando o Benfica com 40% numa futura venda).

Os totais destas vendas andam á volta de 76M de euros para o Benfica

Presumivelmente o Benfica deverá baixar a sua folha salarial porque no deve e haver de quem saiu e quem entrou, presumo que deveremos estar a gastar menos que na época passada.

Das contratações apenas falo de Benito (3M), Talisca (4M) , César (4M), Crisante (6M), Samaris (10M), Bébe (3M) e dos regressos de Ola John, Pizzi, Jara e Nelson Oliveira.

Deveremos ter investido algo entre 30M a 35M incluindo já os jogadores que foram comprados para emprestar ou para a equipa B.

O Benfica tem um lucro de 40M a 45M que servirão para cumprir os 15M que teremos que pagar para reaver as percentagens dos jogadores que temos no Benfica Stars Fund e que terminará daqui a um mês e deverá ajudar para pagar os 35M que teremos que abater do empréstimo obrigacionista a 30 de Outubro.

Não servirá seguramente para pagar os 50M que teremos de abater no dia 30 de Dezembro de 2014 referente a outro empréstimo obrigacionista, mas nessa altura já voltaremos a falar.

Se por exemplo vendermos o Enzo e Gaitan no mercado de inverno – lembro que a partir de 30 de Setembro o Benfica detém 100% do passe de Gaitan porque “recompra” os 15% que faltam ao fundo por 2M – deverá chegar para fazer esse valor dos 50M ou pelo menos chegar muito perto.

Eu até acho que nessa nova janela de Inverno se venderá apenas Enzo do actual plantel e deverá entrar novo reforço do ataque que poderá ou não ser o Campbell ou um qualquer outro Campbell desde que seja bom e que acrescente algo na segunda metade da época.

Entretanto, o Benfica tem de gerar receitas muito altas da BTV até Dezembro e para isso terá mesmo de tentar manter os 300 000 assinantes que teve num dado momento deste ano 2014 – chegou se a falar em quase 350 000 assinantes em Maio de 2014.

Se conseguir que esses 300 000 paguem os 10€ mensais (fala-se que os cafés, bares e restaurantes vão pagar 20€ por mês) poderemos chegar a Dezembro muito mais desafogados financeiramente e sem andarmos a cortar noutras áreas.

Mais que conquistar novos clientes, a BTV tem de fidelizar o que tem e eventualmente ser mais forte no convencimento desses bares, restaurantes e cafés a aderir ao canal, bem como nas receitas de NET (pay per view por jogo no estrangeiro) e nos contratos que está ainda a fechar para colocar a TV noutros países.

Hoje a verdade é que os cenários mais catastróficos de venda de toda a equipa, de crise do BES a afectar o Benfica e de uma desilusão absoluta dos adeptos, sócios e simpatizantes numa equipa que lutaria pelo terceiro lugar com Braga e Guimarães não se verificam.

Há uma pequena desilusão por não se ter acautelado a posição de avançado móvel que Jesus assumiu que necessitava – chegou a dizer que queria um novo Rodrigo – mas temos Rui Fonte na equipa B e outras opções na equipa A.

O Benfica equilibrou as contas, manteve algumas jóias da coroa, baixou os salários e tem uma equipa muito competitiva e que pode vir a ser campeã em Maio. É inferior á equipa do ano passado? Sim bastante mais inferior mas parece me que mesmo assim, é mais forte que Sporting e aquém das individualidades do FCPorto.

Resumindo e por posições:

O Benfica tem na baliza Artur, Júlio César e Paulo Lopes.

O Benfica tem nas defesas laterais Eliseu, Benito, Maxi Pereira, André Almeida e Sílvio.

O Benfica tem na defesa central Luisão, Jardel, Lisandro Lopez, César e Steven Vitória.

O Benfica tem no meio campo Talisca, Samaris, Crisante, Enzo Peres (pode ter André Almeida, João Teixeira ou até Lingelof) e ainda terá depois Amorim e Fejsa em 2015.

O Benfica nas laterais tem Salvio, Gaitan, Ola John, Sulejmani, Pizzi e Bebe.

O Benfica tem no ataque Lima, Derlei, Nelson Oliveira e Jara (pode ter Gaitan e Bebe também)

De referir que Ruben Amorim e Fejsa serão reforços importantes para 2015, Sílvio será um reforço ainda para 2014 e Sulejmani será também um reforço interessante já para Outubro.

Quando Enzo Peres for vendido em Janeiro já o meio campo estará rotinado, a equipa dependerá menos dele do que agora e o dinheiro dará jeito para ajudar a pagar o tal empréstimo obrigacionista de 50M.

Mesmo assim dará esta equipa para a Champions?

Não, não dá mas poderemos passar aos oitavos de final.

Não me admiraria se o Benfica passasse, como não me admiraria que ficasse em ultimo lugar. Tudo pode acontecer.

O que quero é passar aos oitavos de final da Champions ou ficar em ultimo lugar do grupo porque não quero andar a perder tempo na Liga Europa quando temos de focar tudo nas competições nacionais. Se o ano passado tínhamos plantel para aventuras europeias, este ano a situação muda de figura. O plantel deve dar para o campeonato e para mais nada.

Com sorte para a Taça de Portugal se tivermos felicidade no sorteio e se os outros grandes forem caindo.

Voltar a ser campeão é o objectivo principal da época e parece-me que este ano a luta será mesmo até ao fim e qualquer um dos três grandes pode mesmo ganhar o título.

Temos uma equipa que tem que ser trabalhada, que tem que ser puxada até aos limites para poder competir ao mais alto nível com um FCPorto que está fortíssimo, com um Sporting que está melhor e com todas as outras equipas que dificultarão muito em todos os jogos, mas fico feliz por olhar para o plantel e ver que há garantias para fazermos uma boa época.

Criticas no entanto, para a politica de comunicação do Benfica que deixou durante muito tempo que a desestabilização dos media chegasse aos adeptos e consequentemente às receitas importantes de Red Pass, de merchadising novo e até quem sabe á Benfica TV.

Não se pode desmotivar um clube em 2 meses depois de termos ganho tudo internamente, como também não se pode planear uma época ficando refém dum avançado que não apareceu até ao ultimo minuto do fecho do mercado.

São situações recorrentes e que não vão mudar com esta direcção. É assim que se trabalha e infelizmente vai ser assim até ao fim do mandato e isso entristece-me.

Também me entristece ver o ódio que alguns benfiquistas têm na direcção que nos comanda os destinos.

Eu entendo as suas razões que na maioria dos casos são as mesmas razões que me fazem não simpatizar com esta ou aquela decisão do presidente, com esta ou aquela maneira de comunicar as decisões, com esta ou aquela situação que acho inacreditável ou com esta ou aquela pessoa que defendem tanto o presidente na BTV e noutros canais que enerva solenemente.

Sim, tudo bem, mas eu continuo sempre a apelar ao discurso pacificador das hostes porque não acho que tanta critica seja positiva para a equipa e para o clube em si.

Eu sei que na blogosfera somos muitos, há muitos a ler e ter opiniões por trás do anonimato – allo allo O Benfica Sou Eu – mas também há massa critica inteligente, capaz de poder um dia até vir a governar o Benfica e penso que não será com a cartilha da guerrilha politica de oposição dura, crua e feroz que o clube deve ser vivido.

Da politica o Benfica não tem nada a aprender. Absolutamente nada.

O Benfica tem a aprender com a generosidade, com a amizade, com a luta de ideias pacifica e democrática, com o facto fundamental que só queremos o Benfica maior, melhor e que nenhum adversário pode estar dentro do clube, mas sim do lado de fora.

Se o ano passado por esta altura tínhamos passado um verão muito complicado fruto das derrotas traumatizantes de Maio de 2013, este verão poderia e deveria ter sido calmo e acabou por ser tudo menos calmo.

Agora que fechou o mercado e que todos já opinaram do “muito muito mau” ao “muito muito bom” é altura de mais uma vez, opinarmos de forma elevada e deixar os ódios para trás porque como digo “over and over” temos sempre muito mais a unir nos que a separar-nos.

A desilusão da não contratação dum avançado móvel, ou dum frango de Artur não pode deitar tudo a perder e há coisas positivas.

Temos 9 jogadores portugueses no plantel A, sendo o país mais representado, temos 21 jogadores portugueses na equipa B e temos 3 jogadores que vendidos entre 30M a 45M ou emprestados são fruto da nossa formação e vão dar cartas num futuro próximo aqui ou além fronteiras.

Temos nova fornada a chegar e o Gonçalo Guedes pode mesmo ser o caso mais sério da nossa formação desde há muitos anos e João Teixeira poderá ter algumas hipóteses também.

Penso que apesar de estarmos constantemente a criticar, também deveremos olhar para os números e factos, aplaudindo o que há para aplaudir.

E há muito para aplaudir e gritar nos estádios deste país – e no nosso Estádio da Luz – mostrando que estamos com a equipa, com o treinador, com o grupo e mesmo que não se esteja com o Presidente, deveremos mostrá-lo nas alturas certas e não agora.

Especialmente quando o mercado fechou e a bola rola sem distracções.

Força Benfica

Texto escrito por : http://obenficasoueu.blogspot.pt/

DEIXE A SUA RESPOSTA