Pedro Nunes: “Não me atirem poeira para os olhos. É bom que não esqueçamos como o FC Porto foi campeão”

Pedro Nunes, treinador do Benfica, afirma que depressa percebeu que as questões disciplinares seriam decisivas no jogo com o FC Porto. Mas, responde às palavras de Guillen Cabestany

Sobre o jogo: “Não sei se será um resultado justo. Foi um jogo com muitas incidências e os momentos foram muito repartidos. O Benfica não fez um bom jogo. Faltou-nos inspiração. Ganhámos a uma grande equipa.

Arbitragem e reações do FC Porto: “Mais que a justiça da vitória do Benfica, não era justo o FC Porto perder. Muito cedo se percebeu que o jogo seria decidido por questões disciplinares. O critério foi tão largo desde início e isso, com a qualidade e rapidez dos jogadores, iria dar azo a interpretações contraditórias. Não me atirem poeira para os olhos. É bom que não esqueçamos como o FC Porto foi campeão há duas temporadas. Sou apologista que não se deve pagar com retroativos.

Liderança: “Estamos numa liderança partilhada. O nosso foco é ganhar o próximo jogo, em Braga. É para ganhar. Só poderemos ganhar em Braga. Este jogo vai deixar muita polémica. Tomem atenção aos jogos futuros. Se o Benfica quiser ser campeão tem de jogar em Braga como se estivesse a jogar a final da Liga dos Campeões.”

Carácter e adeptos: “Hoje, ganhámos pelo caráter da equipa e por termos uma massa adepta fantástica. O resultado da primeira jornada não nos satisfez porque sentimos que merecíamos mais. Há muito campeonato pela frente. Trabalhamos para ser campeões. Depois do jogo de hoje, o Benfica tem de ser mais forte, mais competente e mais determinado”.

Subscrever Blog via email

Indique o seu endereço de email para subscrever este site e receber notificações de novos artigos por email.

Junte-se a 1.255 outros subscritores