Pinto da Costa vai ser ouvido no caso dos e-mails

Publicidade

O presidente do FC Porto, Jorge Nuno Pinto da Costa, e os administradores da SAD portista Adelino Caldeira, Fernando Gomes e Teles foram notificados pelo Ministério Público para prestar declarações no âmbito do caso dos e-mails.

As audições decorrerão na sequência de uma queixa feita pelo Benfica contra o furto das várias caixas de correio que têm sido divulgadas na Internet, tendo começado essa divulgação no Porto Canal.

Publicidade

Os gestores do FC Porto foram notificados na qualidade de “denunciados”, por isso fica em aberto se serão constituídos como arguidos ou apenas ouvidos como testemunhas. As audições, segundo informações da imprensa, deverão decorrer na próxima semana, no Departamento de Investigação e Acção Penal (DIAP) de Lisboa.

Até à data, o director de comunicação do FC Porto., Frnacisco J. Marques também foi constituído como arguido neste processo depois de queixa do Benfica.

Contactada pela SÁBADO, fonte oficial do FC Porto confirmou as notificações adiantando porém que o clube não iria fazer qualquer declaração pública.
Pub

Subscrever Blog via email

Indique o seu endereço de email para subscrever este site e receber notificações de novos artigos por email.

Junte-se a 1.255 outros subscritores