O Conselho de Disciplina castigou Jonas com um jogo de castigo, na sequência do vermelho direto exibido ao avançado do Benfica no jogo com o Portimonense. O goleador irá assim falhar o jogo de domingo com o Rio Ave, podendo voltar na deslocação aos Açores.

De acordo com o mapa de castigos, o brasileiro foi expulso pelo árbitro Manuel Mota por “prática de jogo violento”. “O jogador foi considerado expulso porque atingiu com o peito do pé a cara do adversário na disputa da bola”, pode ler-se no documento, que cita o relatório do árbitro.

Desse jogo, resultou também uma pesada multa para o Portimonense, que terá de pagar 4.782 euros porque apenas permitiu que o relvado fosse regado durante dois minutos ao intervalo devido ao prolongamento de uma coreagrafia no relvado que envolveu 48 pessoas.