“Que no final a vitória sorria para as nossas cores”

Advertisement

“O Benfica está superconfiante face ao que tem feito, principalmente nesta segunda volta do Campeonato”, começou por dizer Jorge Jesus acerca das expectativas para o clássico, na Luz, com início agendado para hoje, às 18h30.

A nossa equipa chega a este embate na sequência de nove triunfos nas últimas dez jornadas, incluindo vitórias nas visitas ao Braga e Paços de Ferreira, 4.º e 5.º classificados, respetivamente, naquele que está a ser um dos melhores períodos da temporada para os comandados de Jorge Jesus.

Independentemente do contexto ou do adversário, o objetivo de uma equipa benfiquista é sempre ganhar. Há a “obrigação” de vencer todos os jogos, conforme afirmou Jorge Jesus. E tal, obviamente, não sofre qualquer desvio no que respeita ao desafio deste final de tarde com o FC Porto.

Jorge Jesus considera que os clássicos são “sempre grandes duelos de parte a parte, sempre com um resultado imprevisível” e que a classificação é irrelevante para se tentar projetar o desfecho de jogos entre dois dos habituais candidatos ao título. O nosso treinador acredita que “vai ser um jogo bem disputado e equilibrado”, o que “se enquadra no que é um jogo entre duas grandes equipas”.

Somar os três pontos significará uma aproximação ao segundo posto da classificação, o qual dará acesso direto, na próxima temporada, à fase de grupos da Liga dos Campeões, o que leva Jorge Jesus a afirmar, também por isso, que “é um jogo importante para ambas as equipas” e que a possibilidade de vitória “é 50 por cento para cada”.

Estão lançados os dados, restando-nos desejar que seja um grande jogo de futebol protagonizado por três grandes equipas em campo, e que, no final, a vitória sorria para as nossas cores.

De Todos Um, o Benfica!

P.S.: Ontem passámos às meias-finais dos play-offs do Campeonato Nacional de hóquei em patins, ao eliminar um dos candidatos ao título, a Oliveirense. Depois de perdido o primeiro embate na série, a nossa equipa demonstrou a sua competência nos dois jogos seguintes, consumando o apuramento. Gostaríamos ainda de enaltecer o percurso da futebolista Darlene no Benfica, agora que foi anunciado que Clube e jogadora optaram pela não renovação do contrato que os liga. O perfume do seu futebol e o contributo indelével para o sucesso benfiquista nos primeiros passos dados na vertente feminina de futebol jamais serão esquecidos. Obrigado!