Advertisement

“Queria retribuir aquilo que o Benfica e o País têm feito por mim”

Quem se deslocou esta terça-feira à Catedral teve a oportunidade de ver um Campeão do Mundo

Advertisement

Pedro Pichardo marcou, nesta terça-feira, presença no Estádio da Luz. O Campeão do Mundo de triplo salto desceu ao relvado no intervalo da Eusébio Cup, sendo ovacionado pelos cerca de 50 000 adeptos presentes. O atleta do Benfica foi ainda saudado pelo Presidente Rui Costa no Camarote Presidencial.

 

Noite de emoções para os benfiquistas presentes no Estádio da Luz. Para além da sempre emocionante Eusébio Cup, quem se deslocou esta terça-feira à Catedral teve a oportunidade de ver um Campeão do Mundo a dar a sua merecida volta olímpica.

Pedro Pablo Pichardo que conquistou a medalha de ouro, no campeonato do mundo, que se realizou em Eugene, nos Estados Unidos, não se furtou a mostrar o desejado artefacto aos benfiquistas que o receberam com orgulho e uma forte ovação.

É uma experiência boa. Estar em casa é sempre bom. Quase cinquenta mil adeptos ainda é melhor. O Benfica é a minha casa, estar aqui é estar em casa“, disse, emocionado, em exclusivo à BTV.

 

Pedro Pichardo no relvado do Estádio da Luz
“Queria retribuir aquilo que o Benfica e o País têm feito por mim”

Pedro Pichardo

No Clube desde 2017, Pedro Pichardo tem somado conquistas. Ser Campeão do Mundo era um objetivo, um sonho tornado realidade. “Sempre sonhei em ser Campeão do Mundo, mas era difícil saber se isso viria acontecer. Hoje em dia posso falar que sim, que consegui atingir o objetivo. Ainda faltam alguns. Estamos a trabalhar nisso, mas estou muito feliz por alcançar os meus sonhos”, revelou o atleta do Benfica que não esquece quem o ajudou.

Uma dívida de gratidão que Pichardo faz questão de saldar. “Claro que queria dar esta alegria aos portugueses. Queria retribuir aquilo que o Benfica e o País têm feito por mim, e é com resultados e títulos. É isso que vou tentar fazer até acabar a minha carreira”, prometeu o Campeão que, apesar de cansado, ainda teve a disciplina de ir treinar. É que os objetivos seguintes assim o obrigam.

“Hoje fiz um treino leve de uma hora, porque um treino normal dura quatro a cinco. Mas tinha de treinar porque domingo temos a prova de clubes. A máquina não para“, revelou momentos após ter sido saudado no camarote presidencial pelo Presidente do Sport Lisboa e Benfica Rui Costa, também ele visivelmente orgulhoso do atleta.

DEIXE A SUA RESPOSTA

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.

Botão Voltar ao Topo