Home IMPRENSA Reciclagens sobre o Benfica retiram foco no FC Porto

Reciclagens sobre o Benfica retiram foco no FC Porto

Nem parece que o Sporting perdeu e já lá vamos. Pouco mais de 45 minutos, sobre a derrota nos açores, na imprensa que se diz livre mas tem pessoas a fazer determinados acordos com alguns clubes, usando o cargo, para benefícios pessoais.

A liberdade é tanta que usam uma notícia de 4 anos para passarem 2 horas a atacar o Benfica e Rui Costa. 4 anos e sem dados novos, permitiram ocupar o tempo para que temas como as saídas a custo 0, os magistrados que se recusaram a fazer buscas ao FC Porto, o jogo em que o FC Porto recusou o adiamento ou os jogadores a colocarem o FC Porto em tribunal por dividas de 250 mil euros.

 

 

Não são livres, vivem do ataque permanente ao Benfica e não gostam quando as pessoas lhes apontam o dedo. Durante esta semana, uma pessoa que está em altas num reality show e que nós já escrevemos de tudo, mostrou como é que esta imprensa livre funciona. Inclusive até disse de que cor é a imprensa livre.

 

Ver esta publicação no Instagram

 

Uma publicação partilhada por Presi da casa (@presinacasa)


 
Noutro canal em que a imprensa também não é livre e isso viu-se bem na narração do jogo do Sporting, também existem pessoas que colocam em duvida, as noticias de um grupo de imprensa que se diz livre. Não somos nós que o dizemos.
 

Cancella de Abreu alerta para as notícias Cofina e mostra factos de Rui Costa

 
As redes sociais, veiculo muito usado quando se trata de atacar o Benfica, todos os dias se queixam desse grupo que diz livre. E não são só pessoas da mesma cor clubística que a nossa.
 

Cofina paga milhões por injuriar pessoas nos seus programas

 

E podia estar aqui o dia inteiro a falar da “imprensa livre”. Nós somos livres de criticar a imprensa que se diz livre. Agora arranjem lá forma de proteger o Sporting dando a capa e as gordas para outros temas.