Advertisement

Reciclar notícias para afastar trapalhadas de FC Porto e Sporting

Advertisement

A imprensa desportiva voltou a reciclar um tema do Benfica de agosto para abafar as contas de FC Porto e Sporting.

Nestes últimos meses, vieram a público, números fictícios  das transferências entre FC Porto e Vitória Sport Club e entre Sporting e FC Porto. Assim que começou a incomodar, voltaram-se para o Benfica e para o seu antigo presidente. Agora que se soube que FC Porto e Sporting também trocaram jogadores por números fictícios, o truque da imprensa é voltar-se para o Benfica usando um tema de agosto.

Advertisement

Quatro jogadores e 15 milhões de euros entre FC Porto e Vitória com um valor real de 0 euros. Apenas uma operação de maquilhagem.

Dois jogadores e 11 milhões de euros entre FC Porto e Sporting com um valor real de 0 euros. Operação que serviu para que os clubes não abdicassem dos seus ativos. “Foi esta operação que permitiu ao Sporting não vender jogadores titulares como Palhinha, Matheus Nunes ou Pedro Gonçalves”, disse o diretor de comunicação do Sporting. Uma concorrência desleal à vista de todos.

Pelo meio, ainda ficámos a saber do contrato polémico do Otávio. Contrato esse que não é mais que uma fuga ao Fair-play financeiro, encargos com a segurança social e parte dos impostos.

A trapalhada que se segue, não é assunto nem na Assembleia da Republica. Um desconto que o banco se prepara para dar ao Sporting. Um desconto de 94.5 milhões de euros, que serão pagos por todos nós. Com o passivo a aumentar e capitais próprios negativos, faz sentido darem um desconto ao Sporting Clube da falência técnica.

E por falar em passivos, o FC Porto é líder com 526 milhões de euros. Não é tema, não motiva discussão e ninguém quer saber do assunto. Um clube que paga 500 euros de renda de um centro de treinos, piscinas à discrição e falam que podem ceder terrenos para um novo centro de treinos…

O problema é que esta imprensa parece estar mais preocupada com um clube com capitais próprios positivos, que lidera o campeonato e é 2º na Champions, tem 2 penaltis assinalados em mais de 40 jogos e é castigado sempre que critica de forma construtiva.

O problema é que vende mesmo com notícias recicladas. Nem duas horas se falou da derrota na taça da liga, no Corona que sai a custo zero e num treinador que pede mais penaltis que aquilo que treina.

Antigamente eram pequenos almoços, hoje, mais tarde ou mais cedo, saberemos.

DEIXE A SUA RESPOSTA

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.

Botão Voltar ao Topo