Record arranja polémica entre Rúben Dias e Jorge Jesus

Advertisement

O Benfica não pode ganhar por 5 e fazer uma boa exibição que há quem tente mandar abaixo. Há quantas temporadas o Benfica não saia a vencer por 3-0 ao intervalo? Há quanto tempo não víamos um jogo tão tranquilo, com bom futebol e nota artística?

É verdade que são sempre os mesmos a tirar-nos todo o mérito e arranjarem sempre uma maneira de ter polémica. Jorge Jesus grita com qualquer jogador do Benfica porque quer o melhor de cada um no jogo. Qualquer jogador do Benfica ouve e tenta fazer o melhor possivel. Não é novidade, nem para esta gente.

“Para que é que queres jogar de primeira? Os avançados não jogam de primeira e tu queres jogar”, berrou Jorge Jesus, depois de uma falha de Rúben Dias, na sequência de um lançamento lateral de André Almeida que o central não acertou e derrubou de imediato Toni Martínez.

Lá na terrinha sempre me disseram que quem berra são as ovelhas. Jorge Jesus passou o tempo todo a corrigir posicionamentos. Deu todo o tipo de indicações que resultaram num jogo tranquilo, com nota artística e com goleada. Dizer que o treinador berrou é estupido, pior ainda, quando escrevem que o mister deu reprimenda a um dos jogadores mais focados do plantel. A um jogador que gosta bastante de ouvir e aprender e executar.

É assim que mexem com o psicológico dos jogadores. Mas para o lado do Rúben estão bem enganados. No ano de afirmação na seleção, o Rúben apanhou muita pancada dos jornaleiros de meia tijela assim como dos cartilheiros das tv´s. Não vergou e nem vergará!

Deixem o Rúben ou qualquer outro jogador do Benfica em paz. 5-1 para azia de muitos.

CINCU como escreveram os brasileiros da fox sports