Record em menos de 24 horas consegue vender Samaris a uma empresa e desmentir a notícia por eles avançada

Advertisement

O passe de Andreas Samaris pertence, e sempre pertenceu, em 100 por cento ao Benfica, garantiu o Benfica.

O record usou um suposto e-mail com um contrato que mostrava uma suposta venda dos direitos económicos de Samaris a uma empresa do angolano Horácio Mosquito para criar polémica. nunca esteve

Esse mesmo documento usado pelo Record (um ficheiro ‘Word’) nem sequer está assinado por nenhuma das partes.

[su_expand more_text=”CONTINUAR A LER” height=”0″ hide_less=”yes” link_color=”#ff0100″ link_style=”button” link_align=”center” more_icon=”icon: arrow-down”]

Ou seja, o Record faz um artigo para criar polémica e a seguir desmente a sua própria notícia, sem fazer um pedido de desculpas.

[/su_expand]