Record que faz de gabinete de comunicação do Sporting

Advertisement

O Benfica foi bastante claro em esclarecer o que se passou no futebol feminino. Este é mais um episódio de um órgão de comunicação que mais parece o gabinete de comunicação do Sporting.

Este foi o esclarecimento do Benfica: A propósito de notícias vindas a público sobre a instauração de processos disciplinares a 11 agentes desportivos das competições femininas de futebol, entre os quais oito árbitros e uma atleta, o Sport Lisboa e Benfica vem por este meio informar:
O Clube pediu, há algumas semanas, um esclarecimento à Federação Portuguesa de Futebol sobre o enquadramento dos regulamentos de disciplina e sobre a sua aplicação nas competições femininas.

As próprias futebolistas do nosso plantel estavam com dúvidas em algumas normas disciplinares e, com o intuito de perceber se vigoravam todos os pontos do referido regulamento, foi dirigida correspondência a questionar o Conselho de Disciplina.

O SL Benfica não pretende ter castigos aplicados às suas atletas por má interpretação ou desconhecimento dos regulamentos oficiais.

Sublinhe-se que o Clube não realizou qualquer queixa ou denúncia junto da FPF. À luz da matéria reproduzida pela imprensa, conclui-se que terá sido a Federação, que, após análise dos regulamentos e eventuais factos ocorridos, decidiu abrir os respetivos inquéritos.

O jornal Record em vez de noticiar faz perguntas.

Jornalismo é esclarecer, explicar, contar, apresentar factos. Ensina-se nas escolas de jornalismo. Quando o título de uma “peça” é uma pergunta… já sabemos que não têm nada para nos dizer.