“Rei dos Frangos” não é o autor da oferta da compra das ações

Advertisement

José António dos Santos não é o autor da suposta oferta de compra que Luís Filipe Vieira disse ter recebido pelas ações que detém da SAD do Sport Lisboa e Benfica. Foi o próprio empresário a garantir, esta sexta-feira, que “não fez qualquer proposta de compra” pelas 753.615 ações do antigo presidente do clube, como os arautos das bolas de cristal andaram a noticiar esta semana pelo jornal “Record”.

O empresário conhecido como “Rei dos Frangos” garantiu, por via de um sucinto comunicado, que “não manteve qualquer contacto com o ex-presidente do Benfica e não comprou nem pretende comprar as suas ações”. José António dos Santos e Luís Filipe Vieira estão, aliás, proibidos de o fazer devido às medidas de coação impostas pelo juiz Carlos Alexandre, no âmbito da Operação Cartão Vermelho, na qual ambos são arguidos.

José António dos Santos afirma-se “totalmente alheio à comunicação feita ao Benfica de uma eventual venda de ações, para exercício de direito de preferência”, acrescentando que “as notícias que têm sido difundidas nos últimos dias sobre a alegada proposta de compra das ações não têm qualquer fundamento actual, não correspondendo, assim, à verdade”.