Home IMPRENSA Renascença passa de “exagero na expulsão” ao “amarelo que se justifica”

Renascença passa de “exagero na expulsão” ao “amarelo que se justifica”

“Fransérgio foi negligente, atingiu Rafa Silva, o amarelo justifica-se mas, em termos de gestão do jogo, João Pinheiro podia ter sido mais cuidadoso”. Isto é o que está escrito no interior da notícia da Renascença.

Agora veja bem o que está escrito no título da notícia do mesmo órgão.

Zero mérito do Benfica e ataque a arbitragem que retirou um penalti ao Benfica aos 43 minutos(VER AQUI)

Tudo controlado pelos mesmos do costume.