Advertisement

Rui Vitória é alvo de ataque do Sporting

Advertisement

Poderíamos olhar para este assunto com bastante humor. No fundo querem comparar treinadores que agarram árbitros, insultam árbitros, pressionam árbitros assistentes com uma questão que Rui Vitória fez ao árbitro Vasco Santos. Querem comparar uma asneira dita pelo treinador do Benfica com o que chamou o Shôr presidente do Sporting a um árbitro antes de ser expulso. Lembra-se do “corrupto desgraçado” ou do “só não lhe dei um chuto no rabo porque, olhando para a figura dele, tive medo que gostasse”? Ridículo não é?

Mas de humor não tem muito porque querem juntar o treinador Rui Vitória, que evita polémicas, que se preocupa com os seus jogadores e o clube que treinada, a treinadores arrogantes, incompetentes, autoritários e a presidentes que poluem o futebol. Nunca vi Rui Vitória a agarrar um árbitro para que ninguém fosse expulso. Nunca vi Rui Vitória a chamar corrupto a um árbitro. Do outro lado já vi um treinador e um presidente. Do outro lado vi isso demasiadas vezes.

Advertisement

Nas ultimas duas jornadas foi a vergonha que foi. Com os Presidentes da APAF e da comissão de arbitragem controlados, podem criticar as arbitragens as vezes que quiserem que não há o chamado “castigo de exemplo”. Com filhos e empregos ligados ao clube verde e branco, estas duas entidades estão submissas. O Sporting manda neles tal como disse o ex-dirigente do Sporting.

O poderoso jogador do Sporting, que é filho do presidente da arbitragem e da assessora do presidente da liga, está a jogar na equipa B do seu escalão tendo 0 golos. Ele que dizia que marcava muitos. E assim vai o futebol português.

Por fim, a vergonha da nossa comunicação social!!
Qualquer dia num julgamento de um assassino o seu advogado de defesa alega que o juiz matou um mosquito com o carro enquanto conduzia… e por esse motivo o juiz não tem moral para condenar um assassino que matou um ser humano…. e a comunicação social o que faz? Coloca na primeira pagina…: “juiz mata ser vivo ”
Trágica comédia… Portugal e o seu jornalismo.

 

DEIXE A SUA RESPOSTA

Botão Voltar ao Topo