Faltam apenas 3 dias para as competições oficiais começarem e já temos os primeiros candidatos ao lixo desportivo da temporada. Num dia marcado pela estreia do canal 11 e por um lado bem positivo no futebol, por outro lado temos um grupo a reciclar lama que em outros tempos foi atirada ao Benfica.

Primeiro que tudo, o cidadão Luís Filipe Vieira e os seus problemas são da inteira responsabilidade dele e dos seus. Já tudo o que o presidente do Sport Lisboa e Benfica faz em nome do clube, diz respeito a todos os sócios do clube. E neste caso o problema é do cidadão e não do presidente do clube. Ainda assim vamos falar porque os cartilheiros lá de cima agarraram-se com unhas e dentes a mais uma reciclagem. Não querem saber dos 50 milhões perdidos no verão. Não querem saber dos problemas que têm nas contratações e muito menos querem saber o que se passa no balneário. Querem é atacar o Benfica.

“a dívida não foi criada por negócios seus. Foi parar à sua esfera por causa de um acordo de cavalheiros com Ricardo Salgado – o buraco era originalmente do Grupo Espírito Santo.” – Exactamente. Ou seja, o BES é que “deixou um calote” nas contas da Imosteps. E, no entanto, os títulos da Cofina insinuam que a dívida foi criada pelo “presidente do Benfica”.

Será que fariam o mesmo se não fosse o “presidente do Benfica”? Obviamente que não. Mas lá está, é um problema do cidadão Vieira e não do Benfica. Temos pena, venha a próxima noticia reciclada.