Como não há denuncias anónimas que levem a Policia Judiciária à SAD do FC Porto, continua-se a atacar o Benfica quando fazem negociações bastantes estranhas com mais uma equipa da primeira liga. Passemos a factos.

O “dono” do Portimonense é accionista do FC Porto. Como accionista que é, os jogos entre as duas equipas rompem com a tal verdade desportiva. 2- Os jogos na temporada passada mostram como é que se ganha. FC Porto jogou 3 jogos frente ao Portimonense e marcou 13 golos. No primeiro jogo entre a duas equipas, o central titular Lucas Possignolo, não joga. Resultado, levam 5.

Conforme foi noticiado hoje, Folha ex-FC Porto B foi apresentado como treinador no Portimonense. Mais um da cantera do FC Porto a treinar uma equipa da primeira liga. Mas isto não fica por aqui. Na temporada passada o clube algarvio comprou Rafa Soares ao FC Porto, mas ao que tudo indica voltou a vendê-lo, esta temporada, ao FC Porto para este o emprestar ao Vitória Sport Club.

Portimonense que em janeiro emprestou Paulinho ao FC Porto. E como moeda de troca os azuis e brancos emprestaram Galeno e Fede Varela… Não esquecendo que o Portimonense é o clube que já tinha vendido o Danilo ao FC Porto. O jogador jogava no Marítimo mas nunca vestiu a camisola do Portimonense.

Agora troque o nome FC Porto pelo Benfica. Certamente amanhã a Policia Judiciária estaria no Estádio da Luz acompanhado pela comunicação social condenado o tal accionista de ser dono de outro clube da 1ª liga.

E querem falar de jogadores vendidos pelo Benfica há 2 anos? Segundo o diretor do Record, parece que não é nada transparente que o Benfica venda jogadores a equipas da primeira liga, mas ter accionistas a trabalhar com 2 clubes já pode ser.