As máscaras vão caindo uma a uma… vejamos o seguinte facto.
Todos aqueles que defendem publicamente com unhas e dentes que o Hacker é um “bom denunciante”, são exactamente os mesmos que atacam as denúncias(credíveis, pelos vistos) do empresário Boaventura.

Estão neste lote de flagrantes incoerências dos srs, diretores de jornais, dos comentadores dos piores programas de tv em termos de audiências e de todos os comentadores que se dizem portistas e imparciais.

Aquele que rouba, que é um criminoso e que está preso, é um “inocente denunciante”.
Aquele que não rouba, não tem cadastro, não é arguido em nada, anda em liberdade e parece estar muito bem informado, é tratado como um “perigoso denunciante”.
Esta é a verdadeira imagem do que está acontecer no futebol português… quem rouba, quem pratica crimes, sendo do Porto, é um “inocente”.
Quem não rouba nem pratica crimes, sendo do Benfica, é um “culpado”. Anda por ai muita gente a branquear os podres do futebol português…

Já reparou que nunca se sabe o árbitro do Benfica sempre que o jogo é no estádio da luz? Quando o jogo é mais a norte sabe-se sempre.

O árbitro do Benfica na Jornada 14 foi o Artur Soares Dias. De resto acertaram. Sempre que o Benfica joga em casa eles não sabem quem é o árbitro. Faz sentido toda a imprensa andar a dizer que a culpa é dos benfiquistas que trabalham aqui e ali?

Quando até eles desconfiam uns dos outros.