Sporting com o Cashball, não recorre do e-toupeira e chora por um ordenado melhor

Podemos dizer que o comunicado do Sporting é para os apanhados. Já ontem o tinha dito e hoje volto a afirmar, aquele comunicado foi para desviar as atenções de um aumento salarial e ao que parece, de uma injecção de capital por parte de um antigo jogador do Manchester United, segundo correm as notícias.

Para quem não se lembra o Sporting não recorreu da decisão da juíza Ana Peres, conformando-se com o despacho de não pronúncia e assumindo, desta maneira, a inocência da Benfica SAD. Como é que agora pode ficar perplexo com a decisão do juiz Rui Teixeira?

Publicidade

E qual “verdade desportiva” quando este processo não teria consequências desportivas? Ninguém do Benfica depositou dinheiro na conta de um árbitro ao contrário de um vice presidente do Sporting. Ninguém confessou ter aliciado jogadores de equipas adversárias para perder como confessaram no processo Cashball.