Advertisement

Sporting contorna mais um castigo do treinador

Advertisement

O Campeonato começa amanhã e o Sporting entra em grande. O Conselho de Disciplina (CD) da Federação Portuguesa de Futebol aplicou uma suspensão de seis dias e multa de 3.825 euros a Rúben Amorim depois das criticas à arbitragem após o Sporting-FC Porto, a 17 de outubro, onde foi expulso. O Sporting recorreu do castigo e o treinador acabou por estar no banco.

O Tribunal Arbitral do Desporto (TAD) indeferiu o recurso apresentado por Rúben Amorim Três meses volvidos, julgando “improcedente, por não provado” o protesto do treinador do Sporting.

Advertisement

Ora Rúben Amorim não se deveria sentar no banco de suplentes. Acontece que o Sporting vai voltar a recorrer para o TCAS, o que permitirá que o jogador não cumpra o castigo. E assim lá vão de recurso em recurso para conseguirem o que querem.

A tal lista de juízes dá sempre uma ajuda.

DEIXE A SUA RESPOSTA

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.

Botão Voltar ao Topo