O Sporting é, até agora, o único dos ‘três grandes’ a avançar para um lay-off devido a crise financeira provocada pela pandemia de COVID-19. Em entrevista à Sport TV, Francisco Salgado Zena, administrador para a área financeira da SAD do Sporting explicou os contornos da decisão e estranha o facto de outros clubes não terem avançado para o lay-off.

“Benfica? Não conheço as contas… Mas surpreende-me muito que, depois de nós, os clubes não o venham a fazer. Muito me estranha que outros clubes passem por isto sem nada o fazer. Agimos depressa e fomos muito rápidos. Começámos a falar com os jogadores no final de março. Ainda bem para os outros clubes, é sinal que têm condições… Mas fico a aguardar. Até porque o mercado não vai ser igual”, frisou.

Este fica surpreendido pelo Benfica não entrar em lay-off. Até podem entrar e quanto a isso não sabemos. sabemos é que o clube e os seus jogadores têm feito de tudo para ajudar.

Também sabemos que o Benfica não gastou 10 milhões num treinador e que falhou o primeiro pagamento. Sabemos que a banca não perdoou ao Benfica perto de 100 milhões de euros em divida. E sabemos também que os empréstimos estão todos em ordem assim como os fornecedores.

O Sporting não tem de falar no Benfica para desvalorizar o facto de se financiar com o dinheiro dos meus impostos. Mais uma vez serei eu e será quem está a ler esta notícia, os responsáveis por financiar o Sporting.