topVerdes

Sporting não conta para o Totobola mas ataca treinador do Benfica

Está difícil vender o aumento ao Varandas

PUB

Não contam para o Totobola e deveriam estar a explicar aos seus sócios as remunerações do seu presidente em tempo de apertar o cinto. Mas preferem desviar as atenção com as declarações do treinador do Benfica.

 

É preciso não ter vergonha na cara para andar a fazer o papelinho que o FC Porto pretende. Não vão ganhar nada esta temporada e a Champions é uma miragem. O único campeonato, a par do SC Braga, é vencer o Benfica. O SC Braga pelo meio milhão de euros que vai garantir se o FC Porto for campeão. Uma espécie de malinha no negócio do David Carmo que se passei de bancada em bancada.

Advertisement

O Sporting conta como titulo, se vencer o Benfica. Para eles é um campeonato se conseguirem afastar o rival do título. E é por isso que o diretor de comunicação veio mandar umas bocas ao treinador do Benfica. Numa altura em que se questiona o aumento que o presidente do Sporting vai ter, interessa é desviar as atenções.

Penalti fantasma evita derrota do Sporting – vídeo

“Como se viu no passado fim-de-semana, em mais do que um campo, a precisão do VAR ajuda a repor a verdade desportiva, a impedir golos com a mão que valem títulos ou validados por foras-de-jogo factuais e reais, mas por vezes impossíveis de detetar pelos árbitros assistentes mais competentes. Aliás, um pouco por toda a parte, o VAR como ferramenta é elogiado. A crítica, quando existe, é dirigida para o critério ou protocolo do mesmo – algo que é trabalhado todas as épocas – e por viver ainda, nos dias de hoje, com alguma falta de transparência – a divulgação dos áudios será, espero, no futuro, mais um passo na credibilização do futebol. Daí que seja de espantar, para não dizer de lamentar, que alguns treinadores – neste caso um em particular – afirme em pleno 2023 que para ele “deve dar-se de novo toda a decisão ao árbitro. Não vai estar certo 100% das vezes, mas é o futebol”. Não, lamento, mas não é. Era. E a uns clubes, mais do que a outros, isso custou muito caro”, escreveu Miguel Braga.

Fala o diretor do clube que teve dois penaltis fantasma em alvaiade dignos do prémio Tarenalti.

Pub

Leia também: António Melo arrasa Frederico Varandas e o “cabeça membros e pernas”

Comentários

Leave a Reply

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.

Advertisement
Botão Voltar ao Topo