Sporting recusa-se a pagar ao SP. Braga mas quer o dinheiro do Rafael Leão já

Advertisement

O Sporting falhou o pagamento, ao SC Braga, da primeira de duas tranches de €5 M por Rúben Amorim, passando a dever desde logo €12,3 M (valor total do negócio, mais IVA), que subirão €1,5 M hoje por não terem sido ontem liquidados.

O administrador Salgado Zenha diz que a SAD pagará os compromissos, noutros prazos, fazendo referência à mudança de circunstâncias devido à pandemia, o que estará previsto na lei. E estará a pensar no artigo 437.º do Código Civil, que salvaguarda alterações posteriores à assinatura dos contratos, mudanças em que possam alterar o equilíbrio contratual.

Eis o artigo: «1. Se as circunstâncias em que as partes fundaram a decisão de contratar tiverem sofrido uma alteração anormal, tem a parte lesada direito à resolução do contrato, ou à modificação dele segundo juízos de equidade, desde que a exigência das obrigações por ela assumidas afete gravemente os princípios da boa fé e não esteja coberta pelos riscos próprios do contrato. 2. Requerida a resolução, a parte contrária pode opor-se ao pedido, declarando aceitar a modificação do contrato nos termos do número anterior.»

Mas no que toca a receber pagamentos, quer receber já o referente ao Rafael Leão. O tempo que andam preocupados com as medidas que o Benfica não toma, vejam os erros de comunicação diários que cometem.

Comem à nossa conta desde os perdões de divida à banca, não pagam a ninguém dando uma desculpa qualquer e ainda exigem pagamentos.