Inicio Azuis Tweet do Director de comunicação do FC Porto dá início a ameaças...

Tweet do Director de comunicação do FC Porto dá início a ameaças ao jogador do Santa Clara

Alguma imprensa decidiu tornar um grande caso em torno da entrada de Fábio Cardoso sobre Romário Baró. A mesma imprensa não foi capaz de perguntar ao mesmo jogador que dias antes levou uma cotovelada de Uribe na área do FC Porto abrindo-lhe a cabeça. Recorde-se que nem o árbitro nem o VAR assinalaram falta.

Quem também não se manifestou, foi um dos directores de comunicação do FC Porto, aquele que foi condenado por truncar e-mails. Preferiu acusar o Benfica de “caça a arbitragem”. Azar dos azares, teve de se manifestar contra a equipa de arbitragem pela entrada do Fábio. As suas declarações nas redes socais bem como as da newsletter dragões diário, fizeram com que Fábio Cardoso fosse ameaçado chegando até a ver a sua morada partilhada.

“O central do Santa Clara, como se sabe, tem boa escola e é azarado. Contra uns tem o azar de escorregar, contra outros tem o azar de provocar lesões”, começa por atirar o FC Porto, prosseguindo:

“Mas nem tudo é mau para esta pérola da Margem Sul. No meio de tanto azar, teve a sorte de encontrar um árbitro que lhe poupou o mais do que evidente cartão vermelho. De resto, a atitude do juiz ao longo do jogo foi quase sempre de completa complacência disciplinar em relação à postura sempre agressiva e muitas vezes violenta dos visitantes”, rematou o emblema da Invicta.

Tal como o jogador do Gil Vicente e o jogador do Moreirense, o Sindicato de Jogadores vai permanecer calado e não vai defender o jogador do clube açoriano. Importa é defender o Bruno Fernandes que anda a partir portas de balneários.

Quanto aqueles que atacam o Fábio Cardoso, recordar que o jogador não assinou pelo FC Porto porque o Benfica não deixou.