Varandas afinal foi notificado pelo exército ao contrário da capa do Record

Ainda de manhã dava exemplos do porquê dos jornais estarem a cair a pique. Este é só mais um exemplo do mau jornalismo ou do jornalismo de conveniência e do agrado a alguns presidentes.

O Record presenteou os seus leitores como uma grande atitude do presidente do Sporting ao tornar-se um “voluntário” para ajudar a combater o vírus.

Hoje ficámos a saber que foi notificado pelo exército para “voltar à guerra”. Todos os médicos deste país são obrigados a estar disponíveis para voltar ao activo por força do Estado de Emergência.

Como é que o director do Record, dando razão ao que afirmou Bruno Carvalho sobre a relação intima entre o Bernardo Ribeiro com Varandas, afirma que o presidente do Sporting se voluntariou?

Jornais desportivos queixam-se de ser a maior vítima do coronavírus

 

Seja como for, Frederico Varandas é um dos meus heróis neste momento. Já o Record, podem fechar…