Varandas: “Ter um currículo cheio de vitórias, mas um bandido será sempre um bandido.”

Advertisement

Presidente do Sporting com duras palavras para com o líder do FC Porto.

Frederico Varandas, presidente do Sporting, respondeu esta sexta-feira a Pinto da Costa. O presidente do FC Porto afirmou que o atual líder dos leões beneficiou com o ataque de Alcochete e que faria um grande serviço ao Sporting quando se dedicasse à medicina.

“Falando para todos os sócios do Sporting, sei que eles merecem há décadas ouvir isto… Todos os portugueses merecem que isto seja dito: pode ter um grande sentido de humor, ser culturalmente acima da média, ter um currículo cheio de vitórias, mas um bandido será sempre um bandido. No final será sempre recordado como bandido. No dia em que se retirar, ou for obrigado a isso, prestará um grande serviço ao futebol português”, disse Varandas, antes da partida para os Açores, onde sábado os leões medem forças com o Santa Clara.

“O senhor Pinto da Costa não me respondeu por achar que não foi penálti ou que foi beneficiado. O presidente do FC Porto respondeu porque tocámos no ponto fraco, na sua ferida, que são os valores. Valores que o Sporting tem e ele não. O senhor Pinto da Costa está habituado a ter do outro lado pessoas com telhados de vidro ou pouca coragem, não é o caso deste Sporting. Sobre o que ele disse agora, sobre o ataque de Alcochete é lamentável defender quem fez aquilo. Demonstra o que é enquanto homem e a sua índole”, atirou.