Vice presidente do Benfica castigado enquanto directores de comunicação continuam sem castigo

O Conselho de Disciplina (CD) decidiu abrir um processo disciplinar a José Eduardo Moniz, vice-presidente e administrador do Benfica, pelas declarações proferidas na semana passada, em que criticou as arbitragens dos jogos Tondela-Sporting e Estoril-FC Porto.

O vice presidente disse que os árbitros João Capela e Vasco Santos, bem como os respetivos vídeo-árbitros, tiveram “decisões lamentáveis”. “Nem no tempo do Apito Dourado há memória de uma semana tão negativa como esta com decisões tão escandalosas e com reflexo no resultado final”, acrescentou, em entrevista à Rádio Renascença, criticando ainda a “inércia revelada pelas instituições ligadas ao futebol”.

O processo seguiu para a Comissão de Instrutores, que irá agora conduzir a investigação. José Eduardo Moniz arrisca suspensão por lesão da honra e reputação.

No entanto o treinador do Sporting ataca Tiago Martins falando em erros premeditados e não tem castigo. O Sporting faz comunicados a toda a hora e não tem castigo. O Director de comunicação do FC Porto usa um canal pago com os nossos impostos para caluniar os homens do apito assim como o Benfica e não tem castigo. Que vergonha é esta?

Subscrever Blog via email

Indique o seu endereço de email para subscrever este site e receber notificações de novos artigos por email.

Junte-se a 1.255 outros subscritores

Siga-me no Twitter