Vídeo: A dualidade de critérios do árbitro de camarote

Se tivesse no camarote do Dragão talvez visse o penalti por assinalar a favor do Benfica. Foi capaz de ver uma falta de Weigl e lhe dar o amarelo da praxe sem que o alemão tenha feito qualquer tipo de falta, mas não viu o Rúben a ser pontapeado e agarrado na área do Paço de Ferreira.

Depois temos o golo mal anulado. Sempre que existir muitas duvidas e que metam as linhas da liga ao barulho, o Benfica será sempre o prejudicado e o FC Porto o mais beneficiado. Linhas mais grossas que as botas e os ombros dos jogadores qualquer um aldraba.