O rescaldo ao jogo está feito e amanhã há o Portimonense para vencer. Antes de fechar a 8ª jornada lamentar a atitude do árbitro que foi criticado pelo director de comunicação do FC Porto que causa mais despesa que próprio salário do presidente.

Antes da partida começar, Hugo Miguel ignora o cumprimento de Gedson Fernandes e jogadores seguintes. Uma falta de respeito que merece ser divulgada.

Entretanto para juntar à festa da sua má educação, no decorrer da partida, vira-se para Cervi dizendo-lhe “Não me toques, não me toques”.

Imprensa acordou para os cânticos exigentes dos Benfiquistas