Não há vergonha nenhuma na cara! Isto passou todos os limites! Não se trata de ver ou deixar de ver, de audiência para aqui e para ali. Temos de intervir e começar a denunciar junto da ERC, este tipo de pseudo-casos, que mais não servem para tentar dividir os Benfiquistas do treinador e dos jogadores. Esta é a única intenção, dividir um grupo que está unido desde o início.

Bruno Lage não está afastado dos jogadores nem o contrário. Não há qualquer tipo de divisão no grupo de trabalho. Ninguém andou em festarolas, ou a partir portas de balneário, ou a infringir regulamentos. Isto não passa de uma tentativa de esconder o que se passa em outras casas. Nós temos de estar unidos e atentos a estas campanhas vergonhosas. Depois de um mês a falar em Jorge Jesus, esta é a nova moda.

Vergonhoso!