Vídeo: FC Porto conquista penalti inexistente de acordo com a novas regras | Hugo Gil

Vídeo: FC Porto conquista penalti inexistente de acordo com a novas regras

A temporada 2019/20 começou com mais uma alteração às leis de jogo. No meio de tanta alteração está a chamada mão na bola. E quem beneficiou da incompetência dos árbitros Rui Costa e VAR Vasco Santos? O FC Porto.

De acordo com a novas regras este lance nunca seria para pontapé de penalti. Bem sabemos que Portimonense e FC Porto pronto… Mas daí ainda terem este tipo de lances que vão colocando o FC Porto a vencer a partida… E ainda há a dúvida se a bola bate mesmo no braço. No peito bate de certeza.

Pub

Mão na bola: O árbitro deve considerar mão na bola sempre que esta embate num dos membros superiores e se dirige para a baliza, mesmo que o desvio não tenha sido intencional. ——– Não foi o caso.

Será também considerado mão na bola sempre que um jogador marque um golo após dominar a bola com a mão/braço ou aumente a a volumetria do corpo com ajuda dos braços/mão ou estes estejam numa posição acima dos ombros. —— não foi o caso

E será também mão na bola sempre que um jogador ganhar a posse de bola após esta bater-lhe na mão ou braço e, na sequência, marcar ou criar uma situação de golo. —– não foi o caso

Não é mão na bola: quando um jogador remata/passa a bola e esta embate num adversário que se encontre perto do raio de ação; quando um jogador está a cair e a bola embate no braço/mão que está a apoiar a queda; quando o braço/mão do jogador se encontra encostado ao corpo. É o caso….