Vídeo: SIC tenta lavar as mãos da peça de um jornalista que tentou caluniar o Benfica

Na semana passada assistimos a uma peça que visava o Benfica e um suposto pagamento a jogadores do Marítimo para perderem. Reportagem esta que abriu e fechou o Jornal da Noite, e que fez manchete em todos os jornais do país.
Todos nós, que vimos e ouvimos essa reportagem, ficamos com a certeza que a SIC falara com um dos dois jogadores do Marítimo, cuja voz, admite-se por razões de segurança, foram distorcidas. Na altura até mostrámos que a peça estava cheia de contradições. Muito da reconstituição não passou de uma fantasia de Gonçalo Azevedo Ferreira.

Agora a surpresa! ontem à noite, no programa desportivo da SIC Noticias, Dia Seguinte, e na discussão do tema e da reportagem, o pivot do programa acabou por confessar que afinal não tinham sido jogadores do Marítimo a falar na reportagem, mas sim actores, para o efeito contratados. E que esse facto tinha sido assinalado na reportagem. A única coisa que foi assinalada é que tinham recorrido a atores para reconstituir o que se tinha passado com o “Pedro” com as duas pessoas no hotel. A única reconstituição feita foi só no hotel. Já o “Armando” não era nenhum ator e isso é bem visível na peça.

Face o que disseram nas redes sociais sobre quem seria o jogador, acho engraçado que seja o representante do FC Porto a puxar o tema e a dizer que aquilo eram actores. Mais engraçado é ver um pivot a fazer de tudo para que aquele argumento pegasse quando vemos a entrevista e percebemos que não é totalmente verdade. Em tantas notas de comunicação que a SIC tem emitido ao longo dos últimos tempos, porque é que não tentou esclarecer as pessoas que aquilo era tudo supostamente atores? Se eram atores para quê com a voz distorcida? Porque não é verdade e assim sendo era mais um prego colocado no caixão da peça.

E já agora, o que é feito do Gonçalo Azevedo Ferreira? Desapareceu? Então e o Expresso? A peça é tão boa que nem foi notícia no semanário do grupo.

Subscrever Blog via email

Indique o seu endereço de email para subscrever este site e receber notificações de novos artigos por email.

Junte-se a 1.255 outros subscritores